sábado, outubro 1

Meu último élo

Me deixa de olhos fechados só mais um pouquinho, é só disso que eu preciso agora.
Não precisa passar as mãos no meu rosto, nem fazer carinho no meu cabelo, só me deixa de olho fechado.
Não me faça enxergar, eu não quero mais.
Só me deixa ficar dentro de mim, e quando for entrar, faça sem me assustar, porque ultimamente está um silencio aqui. Eu precisava mesmo dormir.
Eu só queria sentir os mesmos cheiros, os mesmos gostos, eu não queria nada diferente,só dessa vez, eu queria tudo igual.
Não precisa falar nada, prefiro que não fale, só escute, sinta, me deixa ver no teu olho que eu vou entender.
Não tenho mais visto as pessoas, não tenho mais reconhecido rostos, aos poucos foi tudo se apagando e eu fui vivendo tão pra mim, tão pra dentro, que ninguém mais me tocou.
Somente atue, seja aquele personagem coadjuvante (sempre muito importante) na minha história, não precisa me mostrar a realidade, porque eu tenho vivido muito bem sem ela, apenas esteja ali, alimentando as minhas palavras, me fazendo sentir.
Acho que se você se for, eu perco meu último élo de contato com todo o resto, se você sair sem me acordar amanhã, eu não vou mais acordar.


6 comentários:

  1. Poxa, que declaração! Me soa como medo de perder alguém próximo... Bela crônica!
    Abraço

    ResponderExcluir
  2. Às vezes só queremos a presença muda porque é disso que precisamos. Nada mais.

    Muito bom, gostei imenso.

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  3. Acabei de conhecer seu Blog através da comunidade "Escritores" no orkut. Lindo texto!!!

    ResponderExcluir
  4. agente sempre quer se agarra a uma tenue linha da presença do outro .. mesmo sabendo que o medo de perder, nos impeder de outros tantos ganhar, agente sempre se agarra ao último fio de esperança.

    ResponderExcluir
  5. Que texto lindo, Cíntia! Chorei! rs É tão triste a frequência com que isso acontece com pessoas românticas como nós, que deveriam estar "escrevendo e cantando" só versos de amor....

    ResponderExcluir
  6. Nem me fale, é difícil de lidar :(

    ResponderExcluir